O que é Exaltação de Cristo

O que é Exaltação de Cristo?

A exaltação de Cristo é um conceito central na teologia cristã, que se refere à glorificação e honra atribuídas a Jesus Cristo como o Filho de Deus e Salvador da humanidade. Essa exaltação é vista como resultado de sua morte, ressurreição e ascensão aos céus, onde ele está sentado à direita de Deus Pai. A exaltação de Cristo é um tema recorrente nas Escrituras e é fundamental para a compreensão da cristã.

A exaltação de Cristo na Bíblia

A exaltação de Cristo é mencionada em várias passagens bíblicas, tanto no Antigo Testamento quanto no Novo Testamento. No Antigo Testamento, encontramos profecias que apontam para a exaltação futura de um Messias, que seria o ungido de Deus e teria autoridade sobre todas as nações. Essas profecias são cumpridas em Jesus Cristo, que é reconhecido pelos cristãos como o Messias prometido.

No Novo Testamento, a exaltação de Cristo é enfatizada especialmente nos relatos da ressurreição e ascensão de Jesus. Após sua morte na cruz, Jesus ressuscitou dos mortos, demonstrando seu poder sobre a morte e o pecado. Sua ressurreição é vista como uma prova de sua divindade e como a base para a esperança da vida eterna para todos os que creem nele.

A exaltação de Cristo como Senhor e Salvador

Além da ressurreição, a ascensão de Jesus aos céus é outro evento importante na exaltação de Cristo. Após sua ressurreição, Jesus passou um tempo com seus discípulos, ensinando-lhes sobre o Reino de Deus e dando-lhes instruções para continuar sua obra. Em seguida, ele foi elevado aos céus diante de seus olhos, sendo recebido por Deus Pai e assentado à sua direita.

Essa ascensão é vista como a exaltação de Cristo ao mais alto lugar de honra e autoridade, onde ele reina como Senhor e Salvador. Como Senhor, Jesus tem autoridade sobre todas as coisas e governa o universo com justiça e amor. Como Salvador, ele oferece perdão e salvação a todos os que se arrependem de seus pecados e colocam sua fé nele.

A exaltação de Cristo como exemplo para os cristãos

A exaltação de Cristo não é apenas um evento histórico, mas também tem implicações práticas para a vida dos cristãos. A exaltação de Cristo serve como um exemplo e modelo para os seguidores de Jesus, que são chamados a imitar sua humildade, obediência e amor.

Jesus, embora sendo Deus, se humilhou ao se tornar humano e ao se submeter à vontade do Pai, mesmo até a morte na cruz. Sua exaltação não foi resultado de busca por poder ou glória pessoal, mas sim de sua obediência perfeita e amor sacrificial. Os cristãos são chamados a seguir esse exemplo, colocando os interesses dos outros acima dos seus e buscando servir e amar como Jesus fez.

A exaltação de Cristo e a esperança cristã

A exaltação de Cristo também está ligada à esperança cristã da vida eterna. A ressurreição de Jesus é vista como a primeira evidência da vitória sobre a morte e a promessa da ressurreição dos crentes. Assim como Jesus foi exaltado após sua morte e ressurreição, os cristãos também esperam ser exaltados e glorificados com ele na vida futura.

Essa esperança da exaltação futura é uma fonte de encorajamento e consolo para os cristãos em meio às dificuldades e sofrimentos desta vida. Sabendo que Jesus venceu a morte e está assentado à direita de Deus, os cristãos têm a certeza de que sua fé e esperança não são em vão, mas têm um fundamento sólido na exaltação de Cristo.

A exaltação de Cristo e a adoração cristã

A exaltação de Cristo também é central na adoração cristã. Os cristãos reconhecem que Jesus é digno de toda honra, glória e louvor, pois ele é o Filho de Deus e o único mediador entre Deus e os homens. A adoração a Jesus é uma expressão de gratidão e reverência por sua obra redentora e por seu papel como Senhor e Salvador.

Na adoração cristã, os crentes se unem para exaltar a Jesus, cantando louvores, orando, estudando a Palavra de Deus e participando dos sacramentos. A exaltação de Cristo é o centro da adoração cristã, pois é através dele que os crentes têm acesso a Deus e experimentam a presença do Espírito Santo.

A exaltação de Cristo e a missão da igreja

A exaltação de Cristo também está relacionada à missão da igreja. Jesus, ao ser exaltado, deu à sua igreja a tarefa de proclamar o evangelho a todas as nações e fazer discípulos em seu nome. A exaltação de Cristo é a base e o motivo para a missão da igreja, pois é através dele que as pessoas podem encontrar salvação e reconciliação com Deus.

A igreja é chamada a viver em resposta à exaltação de Cristo, testemunhando seu amor e poder transformador em todas as áreas da vida. A missão da igreja não é apenas pregar palavras, mas também demonstrar o amor de Cristo através de ações concretas de serviço e justiça.

A exaltação de Cristo e a esperança da segunda vinda

A exaltação de Cristo também está ligada à esperança da segunda vinda de Jesus. Os cristãos aguardam com expectativa o retorno de Cristo, quando ele virá novamente em glória para julgar os vivos e os mortos e estabelecer seu reino eterno.

Essa esperança da segunda vinda de Cristo é uma motivação para os cristãos viverem de forma santa e dedicada, aguardando com paciência e vigilância o cumprimento final de todas as promessas de Deus. A exaltação de Cristo nos lembra que a história não termina com a morte, mas tem um desfecho glorioso na vitória de Cristo sobre o mal e na restauração de todas as coisas.

Conclusão

A exaltação de Cristo é um tema central na teologia cristã, que se refere à glorificação e honra atribuídas a Jesus Cristo como o Filho de Deus e Salvador da humanidade. Essa exaltação é vista como resultado de sua morte, ressurreição e ascensão aos céus, onde ele está sentado à direita de Deus Pai. A exaltação de Cristo tem implicações práticas para a vida dos cristãos, servindo como exemplo, motivo de adoração, base para a missão da igreja e esperança da vida eterna.